quinta-feira, 6 de dezembro de 2007

Um na mão ou dois voando?



Eu que não dava nada pela minha noite de quarta-feira decidi ir ao aniversário da prima de uma amiga. Lá chegando, após as apresentações de praxe, sentamos à mesa com algumas outras meninas (sim, não consigo dizer 'mulheres' quando estou no meio. rs).
Éramos sete.
Seis solteiras.
O assunto? RELACIONAMENTO!!!
É verdade. A gente adooooooooooooora gastar o latim nessa prosa sem fim.
Porque toda mulher tem histórias de um cara sacana, mesquinho, canalha, imbecil e outros adjetivos que nós (mulheres, rs!) queiramos acrescentar.

Assumo que eu não tenho opniões muito firmes sobre isso. Costumo ouvir tudo, repensar sozinha, concluir algo pra dizer na próxima roda de conversa e, quem sabe, mudar de idéia. É tão difícil se relacionar...

O fato é que cada vez mais encontro mulheres/meninas/garotas que, como eu, adotam a postura de "pensar como homem": aceitam com (falsa) tranquilidade as desculpas esfarrapadas, não ligam quando dá vontade, não fazem quaisquer cobranças (eca!), são sempre carinhosas, entendem a história do sexo casual, enfim... Tornam-se as namoradas/ficantes/parceiras legais e perfeitas. Eles não querem nada e elas querem ser "o cara".

NÃO FUNCIONA.

O relacionamento continua dando errado e ainda corremos o risco de ter uma crise de identidade: passamos tanto tempo não sendo nós mesmas que confundimos tudo lá dentro! O resultado desse teatro todo eu vi lána festinha: seis mulheres bonitas, inteligentes, engraçadas, descomplicadas (a gente tenta!!rs!) e SOLTEIRAS!!

Alguém tem alguma nova receita? Acabo de jogar fora meu manual "Haja como homem e tenha uma relação tranquila". Aceito sugestões.



* Pra Rebeca, que veio me visitar, obrigada! Outro beijo!


** Aniversariante do dia: Louis. Parabéns, Mô!

2 comentários:

a arte do olhar disse...

Ô amiga, infelizmente minha sugestão não cabe a você e você sabe muito bem o q penso, né?!

Já desisti deles a muito tempo, e olha q provei, aprovei e desaprovei um bocado. N deu certo, e como sou curiosa, fui além. N é q deu e esta dando mais do q certo?!

Tenho um relacionamento dos sonhos, seguro, maduro, concreto, cheio de cumplicidade e companheirismo, um relacionamento que muitos casais 'comuns' n conseguem ter. Enfim! Isso vc pode ver em qq tipo de relação, mas vou ter dizer: - os homens são tão egoístas, hipócritas, burros e cegos, q prefiro dar meu tempo precioso a coisas mais valiosas e mais prazerosas.

Enfim, sei do q estou falando e vc sabe de tanto eu te dizer. N posso te dar isso como sugestão, mas pra tudo tem sua hora e a de todas nós a de chegar ;)

Te amo e boa sorte. Q apareça um q te der o maior valor do mundo. Até pq vc é 'a' mulher!!!!

Cel

Ana Libório disse...

Pois é, enquanto não existe a "Fórmula do namoro bem sucedido", vou fazendo o que me dá vontade,viu??Não me seguro muito se quero ligar ou demonstrar que gosto!!Mas, claro que tem o momento de fazer um charminho e tal...agora, a linha que separa o charminho da ATITUDE é muito tênue,então tem que ficar atenta pra não passar do ponto!!!rs!!!
Bom, pelo menos, é o meu conselho e as estatísticas são favoráveis!!!rs