domingo, 24 de fevereiro de 2008

Versão estendida!!!

Meu Deus!!! Meu primeiro post de fevereiro! Que absurdo!!! Tantas coisas acontecendo e eu com preguiça de vir aqui. rs! Juro!!! Preguiça de logar, de organizar as idéias e, principalmente, de repensar nos fatos desse mês que deve ser pior que agosto deste ano! Hahahahahahhaahhahaa!

Por ordem cronológica, em primeiro lugar, o carnaval (o post vai ser longo...). Não fosse minha lerdeza de praxe, teria comprado um camarotezinho pra curtir (mais!) com as meninas. É incrível como nunca consigo me programar pro carnaval; durante o ano é tão distante que vou deixando pra resolver depois e quando o depois chega eu estou sem grana, sem galera e sem tempo pra escolher como curtir.

Aí já viu, né?? Me resta PIPOCAR!!!! E foi maravilhoso! rs! Encontrei o ex-amor com o amor de sempre, os amigos de Santaluz, da faculdade, da vida; dancei, pulei, cantei, suei e voltei morgada pra casa! Saldo: POSITIVO!!

Depois da festa de Momo, arrumei minha mala e fui pra Costa do Sauípe trabalhar no Receptivo do Brasil Open. O trabalho era de dez dias e meu aniversário cairia justo nesse período! Fui cheia de dedos porque gosto de estar em casa no meu dia. Adoro ganhar abraços, ser acordada cedinho com carinhos (valeu Tici!!) e ser dengada por meio mundo da minha gente. Procurando não pensar muito nisso, me juntei a Ana Pê e Bruno, que já conheciam o trabalho, pra suavizar minhas incertezas.

O trabalho era cansativo. Exaustivo, eu diria. Embora tenhamos ficado numa pousada bacana, com piscina e acesso à praia, às vezes a gente só conseguia dormir. Colocávamos o celular pra despertar, levantávamos, íamos tomar café e depois... CAMA!!!! Só mais pro final do campeonato, quando havia menos jogos é que pudemos relaxar, curtir o sol e fazer um churrasquinho!



Uma coisa boa foi aprender sobre o tênis. Fiquei zuando os meninos dizendo que só me faltava uma raquete. Rs! Eu entrei sem saber pra onde ia, quais as regras, as marcações de pontos, o placar (que era super confuso e nem ajudava a gente! rs!) e sai quase uma Kuerten ( nos bons tempos, óbvio!).


A galera era legal, mas como todo grande grupo, as panelas acabam se formando... Inevitável!! No meu quarto, além de Ana Pê (claro e eu desgrudo dela? rs!), outra Paula; que deixava a gente chamá-la de Paulette (viu Paulinha!! hahaha), mas que era Paulão pra todo mundo! Um absurdo de mulher! Hahahahahhaahhahaahahahhaha! Ocupávamos o mesmo posto, era um contraste cômico!!





Pude conversar e conhecer pessoas bacanas como Veruska, Sandro, Gabi, Sandra, Carol, Nanda's, Silvam e Liu, Paloma, Igor, Luise, Sergio... Vixe! Muita gente! Quanta risada, viu?? Os pagodes, a cantoria afinada de Silvam e Bruno, o corre-corre pra estar pronto na hora marcada, a disputa pelas cervejas... Parece que foi ontem!!!


No quinta dia, o meu dia!! Começamos a comemoração na terça-feira, assim que chegamos na pousada: cerveja, música e parabéns pra mim à meia-noite! Fui dormir de coração apertado... Tici me liga umas 06:30 da manhã e como acordei cedo, me mandei pra praia sozinha! O mar era meu, só meu. Yemanjá ouviu todos meus pedidos e Papai do Céu também. Vamos esperar o que acontece nesse ano que, pra mim, só começa agora.




Recebi os abraços, felicitações e carinhos dos colegas e dos únicos amigos presentes: Ana Pê e Brunam. Morrendo de vontade de estar em casa, fui tentando atender as ligações às escondidas porquê não se fala no celular durante o trabalho, né? rs! Eu estava tão escondida que Antônio pensou que eu estava no motel. Pode???? E eu querendo rir sem poder... Hahhaahahahahahahahahahahahah! Ai ai... nem pra ser verdade! Na volta pra casa, parabéns no ônibus e mais abraços!

E desse jeitinho atípico, que nem sei dizer se é bom ou ruim, passou! Passou meu niver, passou o Open e eu, finalmente, desembarquei no meu quarto. Cansada, feliz e saudosa do meu mundo e do meu espaço. Se bem que eu seria mais feliz se meu quarto tivesse aquele ar-condicionado da pousada! Dormir era uma benção, hein Pê?

Ainda tô meio fora de órbita com os horários, com meu sono e minha fome (ah, o café da manhã da pousada.... rs!)... Já adicionei um monte dos novos amigos no orkut, no msn e a rotina de desempregada já começa a imperar. Mas isso, tenho certeza, mudará em breve!!!!


Ainda tenho de contar da comemoração oficial do meu niver (o mais longo de todos os tempos) aqui em Salvador, mas isso é assunto pra outro post!!!

Ainda esse mês eu volto!! Beijo pra quem é de beijo!

3 comentários:

Ana Libório disse...

Mesmo com todo o cansaço, repetiria a dose ano que vem, mas já vou estar empregada...rs!

Beijo!

P.S.: Ansiosa pelo post do niver...

Anônimo disse...

Amigaaaaaaaaaaaaa,

Ficou bem legal esse post!

Ainda bem q o trabalho em Sauípe compensou, né?!

Pelo menos foi um niver diferente!

Bjinhos

Rebeca disse...

Linda,

O melhor da vida é o próprio viver e isso pelo seu post você tem feito e com muita intensidade!! Uma vez vc fez um comentário no meu blog dizendo que curtia o meu tom...qria te pedir licença para dizer o mesmo...rsrsrs!

Tudo pra lá de bom!!

Bj grande, fica na paz!

Beca :)

Ahhhhhhhhhhh, feliz aniversário atrasado...pode?rsrsrsrs....